domingo, 27 de janeiro de 2008

Acabei de ver...

...Eu sou a Lenda (I m a legend), de Francis Lawrence.


Depois de uma infecção causada por um vírus que matou 90% da população, Robert Neville (Will Smith, excelente) acredita ser o único sobrevivente da terra. Durante 3 anos, ele luta contra criaturas vampirescas, que foram contamindas pelo vírus e atacam à noite, e a solidão. Para não enlouquecer, ele conta com a presença da sua cadela e de manequins, que ele dá nomes e ainda dialoga, lembrando Náufrago, onde Tom Hanks conversa com a bola Wilson. O filme tem momentos tensos (vide a cena que ele entra num prédio tomado pelas trevas para salvar Sam, a cadela) e dramáticos (vide também a cena protagonizada por Smith e a cadela após serem atacados). O final não agrada a maioria, mas é completamente coerente. Destaque para a presença da brasileira Alice Braga no principal papel feminino e para as citações em torno de Bob Marley.

Um comentário:

  1. Acabei de assistir e considerei um bom filme, apesar do enredo não ser nenhuma novidade, pois se trata de uma mais uma adaptação do conto de Richard Matheson, Eu Sou a Lenda. Porém, como foi abordado de maneira séria, dá pra abstrair sobre um tema que pode se tornar realidade para a humanidade. Se é que não já se tornou.
    Não há efeitos de tirar o fôlego, mas, a fotografia, que remete à cidade de NY uma imagem completamente “morta” é bem legal. Ah, sim, palmas para Will, por mais uma brilhante atuação a exemplo das dramáticas cenas de perda de sanidade provocadas pela solidão, (que não é pra menos diante do quadro) e para a cadelinha, Sam. Pra quem não assistiu, vale a pena

    ResponderExcluir

Postagens populares

Pesquisar neste blog