segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Cinema de Luto

O mês de fevereiro começou de forma bem negativa para o universo da 7ª arte. No mesmo fim de semana, perdemos 3 grandes nomes do cinema. Philip Seymour Hoffman foi encontrado morto em seu apartamento, suspeita-se que a causa tenha sido drogas. Sábado, foi-se Maximiliam Schell, ator de clássicos como O Julgamento de Nuremberg e Uma Ponte Longe Demais. E, por fim, o cinema tupiniquim lamenta o trágico assassinato de Eduardo Coutinho, sendo o autor o seu próprio filho, que sofria de depressão. O cineasta deixou como legado, obras como o super-premiado Cabra Marcado Para Morrer.
Descansem em paz!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Pesquisar neste blog