quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Poema

CLÍMAX...


Primeiro um toque suave...

Que transmite energia e põe fogo...

Logo após as mãos percorrem a pele...

E os lábios seguem a mesma trilha...

Nesse instante meu sangue já fervilha...

E meu corpo agita-se em espasmos de felicidade...

Com cuidado você cola seu corpo ao meu...

Vejo nos seus olhos o desejo...

E dos seus lábios ouço palavras de amor, ditas de uma forma que só nós entendemos...

Então...

Sinto você em mim...

Perco noção de tudo...

Faço parte de você agora...

Numa viagem a um mundo diferente...

Encontramos a suprema alegria de viver...

Você me pertence totalmente, e eu a você...

Seu corpo faz parte de mim...

Somos apenas um...

Amo-o eternamente...


THANISE SPRADA

2 comentários:

Postagens populares

Pesquisar neste blog