domingo, 6 de abril de 2008

Cinema de Luto

Morre Charlton Heston

Após 6 anos de sofrimento devido ao Mal de Alzheimer, morre um dos maiores ícones da história do cinema. Presente em épicos marcantes, como Os Dez Mandamentos (1956), Ben-Hur (1959) e El Cid (1961), Heston deixou sua marca também em clássicos da ficção-científica (O Planeta dos Macacos, 1968), do cinema noir (A Marca da Maldade, 1958) e do cinema catástrofe (Terremoto e Aeroporto 75, ambos de 1974). Há mais de cem de filmes em seu currículo, e apesar de sua personalidade polêmica, não há como negar a sua importância na história da 7ª arte. Descanse em PAZ !

Prêmios
- Ganhou o Oscar de Melhor Ator, por sua atuação em "Ben-Hur" (1959).

- Ganhou o Prêmio Humanitário Jean Hersholt, concedido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.
- Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro de Melhor Ator - Drama, por "Os Dez Mandamentos" (1956) e "Ben-Hur" (1959).
- Ganhou o Prêmio Cecil B. DeMille, em 1967.
- Recebeu uma indicação ao MTV Movie Awards de Melhor Participação Especial, por "Planeta dos Macacos" (2001).
- Ganhou o Framboesa de Ouro de Pior Ator Coadjuvante, por "Como Cães e Gatos" (2001).

Curiosidades
- Foi eleito em 1998 Presidente da Associação Nacional de Rifle.- Foi presidente da Screen Actors Guild de 1966 a 1971.

- Possui uma estrela na Calçada da Fama, localizada em 1620 Vine Street.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Pesquisar neste blog